Os TEXTOS que se seguem são pura FICÇÃO e qualquer semelhança com a REALIDADE é pura coincidência!
Este espaço permite-me dar-vos a conhecer todo o meu entusiasmo pelas palavras.


df @ 12:38

Qui, 22/01/09

O esquivo sol de Novembro entrava levemente pelas frestas da persiana entreaberta e eu teimava em querer manter os meus olhos fechados, com os pensamentos longe, longe...

 

Acordar para mais um dia de uma vida sem objectivos não faz sentido. Talvez por isso, a pequena esperança de poder conhecer um homem e que este pudesse trazer algo de novo, me tivesse despertado o interesse naquele desconhecido de olhos verdes e cabelo castanho claro. Quase um deus grego... Que exagero...

 

Podia ser demais reduzir a minha felicidade à entrada de um homem na minha vida, mas a minha auto-estima estava em baixo e nem os apelos das amigas faziam que me orgulhasse da minha independência, da minha autonomia enquanto mulher.

 

Preguiçosa como sempre, fugi dos meus acolhedores lençóis térmicos e meti-me debaixo de um duche bem quente. Vesti-me com uma certa elegância - como me era característica nos dias laborais e em saídas com as amigas para um bar/ discoteca - e saí de casa, continuando sempre relutante em pôr um pé na rua.

Cheguei à empresa no meu pomposo automóvel e entrei para o meu exíguo espaço entre a secretária e o móvel da papelada. A rotina mais uma vez confirmou-se: fazer as encomendas do material para as peças de vestuário a confeccionar, fazer os processos das encomendas vindas do departamento comercial e enviá-las para a fábrica, etc., etc.... Nada de muito interessante... Whatever...

 Almoço (entretanto com uma pausa para um lanchezinho a meio da manhã), vou tomar café com as colegas de trabalho àquele cafézito da esquina (àquela hora infelizmente o desconhecido não se encontra lá), regresso para o meu trabalho enfadonho (com mais uma pausa a meio da tarde) e aí sim volto para o momento de mudança - ou pelo menos possível mudança.

 

Ele está sozinho e eu não vou hesitar. Fui até à mesa dele. Encostei-me à cadeira em frente a ele e comecei com o meu discurso meio ensaiado:

- Já reparei que costumas vir aqui muitas vezes, especialmente ao fim da tarde - Que raio de modo de começar... - Eu trabalho aqui perto e também gosto muito de vir cá. A dona Celeste é muito simpática...

Ele olhava-me, atento, com um leve sorriso.

Eu senti que tinha cometido o maior erro dos últimos meses da minha vida...

- Sim, também reparei em ti. Chamo-me...

 

- Olá, Miguel, esperaste muito por mim? Sabes que a esta hora apanho sempre muito trânsito para vir para aqui. - disse uma mulher. Não a mesma da outra vez, era outra...

 

O meu rosto ruborizou. Conheço-me. Quando me encontro numa situação tão constrangedora assim, o meu rosto ruboriza.

Tirei o meu estúpido sorriso da boca e meti o 'rabinho entre as pernas'.

 

 



DESAFIO

Coloquei-vos há tempos o desafio de darem um TÍTULO à nova história que se irá desenvolver nos próximos meses aqui. Ainda não vos dei muita informação, a não ser que as personagens se chamam Rafael e Juliana e que trabalham na mesma empresa. Conforme vou publicando os posts, certamente irão perceber que há muitos segredos para serem revelados...
Além do título, também espero que deixem nos comentários o vosso feedback.
Obrigado
A Gerência

Rubricas:

Além de uma nova história a decorrer no blog, acompanhem também a nova rubrica do blog 'PERDIDOS E ACHADOS DA VIDA', pequenos textos que incidem sobre... Leiam e descubram...

Pesquisa
 
Contacto
Mail:
contosepontos@sapo.pt
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
23
24

25
26
28
29
30


No baú...
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
Olá obrigada por me adiconares. Gostei mto de ler ...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Novo...
Obrigado pelos elogios.Volta sempre!Quanto ao próx...
Há uns tempos que aqui não vinha . . . nem aqui ne...
Muito bonitas as tuas palavras...também sou uma ra...
Posts mais comentados
3 comentários
2 comentários
2 comentários
blogs SAPO