Os TEXTOS que se seguem são pura FICÇÃO e qualquer semelhança com a REALIDADE é pura coincidência!
Este espaço permite-me dar-vos a conhecer todo o meu entusiasmo pelas palavras.


df @ 14:05

Ter, 17/03/09

Esta última viagem da Beatriz, a mais prolongada de todas, tinha trazido uma mudança nela. Depois da curta temporada de duas semanas na Alemanha e de um mês em França, que reparara que estava diferente. Havia um brilho no olhar, mas ela não quis partilhar comigo o motivo. Mas a estadia no Japão tinha sido pautada por um declínio de autenticidade e de felicidade na voz. Notei, aquando o telefonam dela na altura em que parti o pé, que tinha vontade de regressar, apesar do profissionalismo dela prevalecer na maior parte das vezes. Resumindo, a Beatriz estava diferente e eu não acreditava que fosse a questão de ter chegado aos trinta nem somente o cansaço das viagens, que ela tanto adorava.

- Não terá conhecido alguém? - perguntou o Miguel, partindo já as fatias de pizza.

Fiquei pensativa por momentos, mas não acreditava que realmente um homem a tenha feito baixar a guarda.

- Talvez... - respondi.

- Às vezes basta conhecermos alguém, para ficarmos diferentes - comentou, limpando-me o canto da boca, que fica ficado com um pouco de queijo derretido e beijou-me. Diferentes no sentido de ganharmos um novo significado nas nossas vidas - continuou. Percebi que estava a falar dele próprio.

- A Beatriz é uma pessoa extraordinária e o que eu mais queria era que ela fosse feliz. Eu sei que ela lutou muito para chegar à posição que tem na empresa. Ela é uma das pessoas responsáveis pela formação da empresa aqui na Europa. A Beatriz teve que abdicar de muito, mas acho que é capaz de ter chegado a uma fase que quer mais.

- E tu?

Que pergunta. O que queria eu?

- Os meus únicos objectivos eram sair de Bragança e entrar numa faculdade aqui no Porto, depois logo se via. Consegui isso e consegui manter-me cá, trabalhar cá... Acho que finalmente sinto que encontrei o meu lugar...

- Não estava a falar nisso - deu um sorriso dissimulado.

- Pois... Para ser sincera, até hoje só houve um homem que me marcou, de resto foram tudo paixonetas de pouca duração. Dediquei sempre mais tempo ao meu trabalho. Foi como te disse há uns dias, senti sempre mais pressão para me realizar profissionalmente do que amorosamente... - Olhei-o nos olhos e sorri. Era bom poder falar com ele sobre todos os assuntos, sem nenhum entrave, sem nenhum constrangimento.

- O que aconteceu com esse homem? - questionou, os os seus olhos perscrutando a minha reacção.

- Queres mesmo saber?

- E porque não?

Contei-lhe o essencial, sem entrar em pormenores desnecessários, até chegar ao motivo pelo fim da minha relação com o Márcio.

- Cada um de nós tinha a chave do apartamento do outro. Um dia decidi fazer-lhe uma surpresa, mas quem ficou surpreendia fui eu.

- Deixa-me adivinhar: estava com uma mulher!

- Não. - Baixei a cabeça, com vergonha do que vi, como se tivesse sido culpa minha. - Estava com um homem... 

 

 

 



DESAFIO

Coloquei-vos há tempos o desafio de darem um TÍTULO à nova história que se irá desenvolver nos próximos meses aqui. Ainda não vos dei muita informação, a não ser que as personagens se chamam Rafael e Juliana e que trabalham na mesma empresa. Conforme vou publicando os posts, certamente irão perceber que há muitos segredos para serem revelados...
Além do título, também espero que deixem nos comentários o vosso feedback.
Obrigado
A Gerência

Rubricas:

Além de uma nova história a decorrer no blog, acompanhem também a nova rubrica do blog 'PERDIDOS E ACHADOS DA VIDA', pequenos textos que incidem sobre... Leiam e descubram...

Pesquisa
 
Contacto
Mail:
contosepontos@sapo.pt
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
18
20
21

22
24
26
28

29
30
31


No baú...
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
Olá obrigada por me adiconares. Gostei mto de ler ...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Novo...
Obrigado pelos elogios.Volta sempre!Quanto ao próx...
Há uns tempos que aqui não vinha . . . nem aqui ne...
Muito bonitas as tuas palavras...também sou uma ra...
Posts mais comentados
3 comentários
2 comentários
2 comentários
blogs SAPO