Os TEXTOS que se seguem são pura FICÇÃO e qualquer semelhança com a REALIDADE é pura coincidência!
Este espaço permite-me dar-vos a conhecer todo o meu entusiasmo pelas palavras.


df @ 13:31

Qui, 09/04/09

Cheguei à minha casa e arrumei o que estava dentro dos sacos, que a minha tia, que morava em Rio Tinto, me trouxera de Bragança.

Tirei os saltos altos, a saia justa cinza escura pelo joelho e desabotoei a blusa de seda vermelha. Vesti umas calças de algodão e um pólo velho.

Iria entreter-me nas próximas horas a arrumar a casa, preparando o meu pequeno lar para receber visitas no dia seguinte ao início da noite e a cozinhar, focando-me na doçaria, fazendo um bolo de chocolate e outro de bolacha, com creme de chocolate e café. Tal como as minhas sobrinhas gostavam.

Tinha que manter a mente ocupada. Não queria pensar no significado daquele beijo, que ainda me parecia tão irreal. Não queria pensar que ele tinha razão. Não queria pensar que tinha perdido a oportunidade de ser feliz ao lado de alguém que eu amava e que o sentimento era retribuído. Não queria...

Peguei no telemóvel e procurei o número dele. O toque de chamada fez-se soar e o meu coração acelerou.

- Miguel? - falei, quando ouvi um cumprimento abafado - É a Ana. Eu queria...

- Desculpe, não é o Miguel - disse a voz feminina, embaraçada - Éa Carmo. Posso ajudá-la em alguma coisa?

- Não - respondi, já arrependida por aquele acto inconsciente. -  Eu depois volto a ligar. Não há problema.

- Espere. Já me estou a recordar. O Miguel falou-me de uma Ana há uns meses, mas depois de repente não ouvi mais falar nesse nome. É você?

- É possível. Eu depois volto a ligar - menti, preparando-me para desligar.

- Espere - pediu mais uma vez. - Acho que ele está a sair do banho. Eu vou passar-lhe o telemóvel. Filho...

O meu coração não parou de palpitar.

Segundos depois, ele atendeu a chamada, mas hesitei em falar.

- Ana, - ouvi do outro lado - ainda estás aí? Ana?

- Sim, estou - acabei por responder - Espero não ter interrompido nada...

- Claro que não. Acabei de chegar de um jogo de futebol. Agora pratico futebol com uns amigos às quintas-feiras... Ana, porque +e que ligaste? Até me admiro ainda teres o meu número depois destes meses sem nos vermos.

- Pois - respirei fundo. Levantei-me do sofá, onde tinha acabado de me instalar e voltei a gastar a sola dos chinelos entre a sala e o corredor longo e estreito. - Olha, acho que depois do que aconteceu hoje, devíamos conversar.

- Acho que não, Ana. Deixaste isso claro há dois meses e hoje fizeste o mesmo.

- Mas agora digo o contrário, Miguel. Eu queria-me encontrar contigo para podermos conversar. Amanhã não posso, mas pensei que podíamos combinar para sábado. Talvez para o final da tarde - levei a mão ao cabelo, penteando-o nervosamente, à espera da resposta dele. Se ele aceitasse, ainda consegui passar algum tempo com a minha irmã, sem receber a cobrança final, de que preferia estar com os meus amigos do que com a minha família.

- Está bem - ouvi-o dizer, ainda que me tivesse soado a uma decisão relutante - Queres que vá ter aí a tua casa?

- Só se quiseres ir para um lugar público... - aventurei.

- Não, Ana, não há problema. Encontrámo-nos em tua casa. Pode ser então às sete?

 



DESAFIO

Coloquei-vos há tempos o desafio de darem um TÍTULO à nova história que se irá desenvolver nos próximos meses aqui. Ainda não vos dei muita informação, a não ser que as personagens se chamam Rafael e Juliana e que trabalham na mesma empresa. Conforme vou publicando os posts, certamente irão perceber que há muitos segredos para serem revelados...
Além do título, também espero que deixem nos comentários o vosso feedback.
Obrigado
A Gerência

A licença do blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.


Rubricas:

Além de uma nova história a decorrer no blog, acompanhem também a nova rubrica do blog 'PERDIDOS E ACHADOS DA VIDA', pequenos textos que incidem sobre... Leiam e descubram...

Pesquisa
 
Contacto
Mail:
contosepontos@sapo.pt
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14

19
22

26
27
28
30


No baú...
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Citação do dia


Comentários recentes
Olá obrigada por me adiconares. Gostei mto de ler ...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Novo...
Obrigado pelos elogios.Volta sempre!Quanto ao próx...
Há uns tempos que aqui não vinha . . . nem aqui ne...
Muito bonitas as tuas palavras...também sou uma ra...
Posts mais comentados
3 comentários
2 comentários
2 comentários
Eu escrevo para a...

Estou no...

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
blogs SAPO