Os TEXTOS que se seguem são pura FICÇÃO e qualquer semelhança com a REALIDADE é pura coincidência!
Este espaço permite-me dar-vos a conhecer todo o meu entusiasmo pelas palavras.


df @ 17:22

Qui, 21/01/10

Começa hoje o segundo capítulo, com mais segredos a serem revelados. Leiam e aproveitem o prazer da leitura.

 

CAPÌTULO DOIS - PARTE UM

 

- José, posso falar contigo um segundo?

- Claro - respondeu ele.

O escritório dele era o maior de todos da empresa. Além do espaço com a sua secretária de mogno brilhante, do lado oposto havia uma grande mesa oval, para doze pessoas, onde normalmente decorria um grande número de reuniões.

Juliana sentou-se no sofá de eco pele preto, que antecedia duas cadeiras e a mesa do sócio.

- Passa-se alguma coisa? Soube que tu e o Rafael voltaram a discutir ontem...

- Sim, é verdade. Olha, não vou estar com rodeios, até porque já sabes que não faz o meu feitio. Vou directa ao assunto. O Rafael jantou em minha casa ontem à noite e eu contei-lhe... Eu falei com ele sobre o Filipe, sobre a empresa, ele até conheceu o Dinis e deu-se bem com ele, imagina... - descarregou tudo de uma vez, porque ainda não sabia exactamente quais seriam as consequências de tudo o que acontecera e agora que o dizia em voz alta tudo parecia ainda mais complicado.

- Decidiste dar-lhe uma oportunidade? - questionou ele, contornando a secretária e sentando-se ao lado dela.

- O problema é esse, José. Convidei-o para ir lá a casa para podermos conversar à-vontade, mas para ser uma conversa definitiva. Eu queria que ele entendesse que as coisas não iriam dar certo, mas...

- Mas como se costuma dizer, virou-se o feitiço contra o feiticeiro.

- Sim...

- Qual é o teu receio agora, Ju?

- Receio que ele agora não saiba distinguir as coisas. Uma coisa é quando estamos aqui no trabalho, outra coisa é quando estamos fora dele.

- Ju, nem todos temos essa brilhante capacidade de ver tudo a preto e branco. Somos humanos e infelizmente por vezes não conseguimos dissociar o trabalho da vida pessoal.

- Mas devíamos ser todos capazes disso.

- Olha, Ju, - falou, no seu típico tom fraternal com que habitualmente lhe presenteava quando ela lhe colocava um problema - tu sabes que nunca fui contra relacionamentos aqui na empresa, até porque - volto a repetir - somos todos humanos e por vezes é difícil controlarmos o que sentimos, eu normalmente recomendo apenas que tentem não trazer muito da relação para aqui. Quanto a vocês, com relação ou sem relação, discutem tanto que só Deus sabe porquê. Por isso, Ju, se achas que te podes deixar envolver com ele, nem que seja um pouco, aproveita. Conheço o Rafael muito bem e ele tornou-se praticamente o meu braço direito, por isso, se procuras a minha autorização está dada.

- Sinto que estou a trair o Filipe - admitiu ela, a medo, olhando para a janela, que estava por detrás da secretária.

- Ju, não admito que digas isso. Nós os dois gostávamos muito dele e nós os dois sabemos também o bom homem que ele era. Mas ele é que nos traiu, ele é que não soube que nós estávamos ali para ele, para o ajudar a ultrapassar tudo.

- Mas...

- Não há mas nem meio mas. Se queres passar mais tempo com o Rafael, se o queres conhecer, aproveita querida.

- Sabes quem mais ele conheceu ontem?

- A dona Isabelinha. Não acredito! - exclamou, rindo.



DESAFIO

Coloquei-vos há tempos o desafio de darem um TÍTULO à nova história que se irá desenvolver nos próximos meses aqui. Ainda não vos dei muita informação, a não ser que as personagens se chamam Rafael e Juliana e que trabalham na mesma empresa. Conforme vou publicando os posts, certamente irão perceber que há muitos segredos para serem revelados...
Além do título, também espero que deixem nos comentários o vosso feedback.
Obrigado
A Gerência

A licença do blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.


Rubricas:

Além de uma nova história a decorrer no blog, acompanhem também a nova rubrica do blog 'PERDIDOS E ACHADOS DA VIDA', pequenos textos que incidem sobre... Leiam e descubram...

Pesquisa
 
Contacto
Mail:
contosepontos@sapo.pt
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
16

18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


No baú...
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Citação do dia


Comentários recentes
Olá obrigada por me adiconares. Gostei mto de ler ...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Novo...
Obrigado pelos elogios.Volta sempre!Quanto ao próx...
Há uns tempos que aqui não vinha . . . nem aqui ne...
Muito bonitas as tuas palavras...também sou uma ra...
Posts mais comentados
3 comentários
2 comentários
2 comentários
Eu escrevo para a...

subscrever feeds
Estou no...

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
blogs SAPO