Os TEXTOS que se seguem são pura FICÇÃO e qualquer semelhança com a REALIDADE é pura coincidência!
Este espaço permite-me dar-vos a conhecer todo o meu entusiasmo pelas palavras.


df @ 12:08

Seg, 03/08/09

- Quando vim para Lisboa estava disposta a esquecer tudo, a recomeçar. Como é evidente dediquei-me ao trabalho, mas tinha aprendido que os amigos eram o melhor que se podia ter na vida e passado um tempo deixei de me isolar. Tu apareceste, apareceu o Mário, apresentaste-me a Luísa e a Leonor e o meu leque de amigos foi alargando, até que me apresentaste o Tiago. Ele era o oposto do Ricardo, o oposto de mim e acima de tudo, sem ligação nenhuma à minha vida em Gaia. Eu tinha fugido de casa, os pais dele tinham-no apoiado na sua aventura aqui em Lisboa, eu tinha um péssimo relacionamento com o meu pai, ele não. O Tiago sabia o que queria e eu ainda estava a tentar descobrir. Ele era divertido, bem-disposto. Tinha qualquer coisa que me fazia querer estar sempre com ele - Levantei-me do sofá e olhei para a janela, lembrando-me dos muitos momentos que tínhamos tido juntos - Sabes, Filipa, mesmo que o Tiago nunca tenha conseguido compreender a relação violenta que tive com o meu pai, dizendo que estava a exagerar em tudo que contava, sempre foi uma pessoa com que eu pude contar para tudo o resto. Lembraste quando surgiu a oportunidade lá no trabalho de ser chefe do meu grupo? Parecia ser uma coisa tão sem importância e no entanto tinha muito medo da responsabilidade. A minha única responsabilidade até àquela altura tinha sido deixar o meu pai orgulhoso, mesmo que nunca o tenha conseguido. o Tiago foi o meu maior apoio, incentivou-me a isso e incentivou-me a muito mais. Voltei a estudar... Tu lembraste disso. - peguei no maço de tabaco que tinha trazido para a sala e perguntei-lhe se podia fumar. Negou-me o prazer e abri a porta até à varanda. Expeli o fumo de uma passa que dei e virei-me para dentro, sempre com o cigarro do lado de fora. - Foi meu amigo e o resto aconteceu naturalmente. E aquele ano em que namoramos foi tão intenso... O resto já sabes.

- E o Ricardo?

- O Ricardo foi o meu primeiro amor. Foi com o Ricardo que eu cresci. Ele deve ser a pessoa neste mundo que melhor me conhece. Era a ele que eu contava que o meu pai me batia, era no ombro dele que eu chorava. Foi a ele que dei o meu primeiro beijo, foi com ele que fiz amor pela primeira vez. Preciso de dizer mais alguma coisa? - Apaguei o cigarro no cinzeiro que eu tinha deixado em cima da mesa da varanda e voltei para dentro. Sentei-me no sofá, à espera que ela dissesse algo que me pudesse ajudar.

- Di...

O meu telemóvel vibrou, num som irritante contra o tampo de vidro da mesa de centro.

Era o Ricardo.

- Por falar nele...



DESAFIO

Coloquei-vos há tempos o desafio de darem um TÍTULO à nova história que se irá desenvolver nos próximos meses aqui. Ainda não vos dei muita informação, a não ser que as personagens se chamam Rafael e Juliana e que trabalham na mesma empresa. Conforme vou publicando os posts, certamente irão perceber que há muitos segredos para serem revelados...
Além do título, também espero que deixem nos comentários o vosso feedback.
Obrigado
A Gerência

A licença do blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.


Rubricas:

Além de uma nova história a decorrer no blog, acompanhem também a nova rubrica do blog 'PERDIDOS E ACHADOS DA VIDA', pequenos textos que incidem sobre... Leiam e descubram...

Pesquisa
 
Contacto
Mail:
contosepontos@sapo.pt
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
22

23
24
26
27
28
29

31


No baú...
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Citação do dia


Comentários recentes
Olá obrigada por me adiconares. Gostei mto de ler ...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Novo...
Obrigado pelos elogios.Volta sempre!Quanto ao próx...
Há uns tempos que aqui não vinha . . . nem aqui ne...
Muito bonitas as tuas palavras...também sou uma ra...
Posts mais comentados
3 comentários
2 comentários
2 comentários
Eu escrevo para a...

Estou no...

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
blogs SAPO