Os TEXTOS que se seguem são pura FICÇÃO e qualquer semelhança com a REALIDADE é pura coincidência!
Este espaço permite-me dar-vos a conhecer todo o meu entusiasmo pelas palavras.


df @ 15:01

Qui, 14/01/10

- Se não penso em querer mais para mim?! É uma boa pergunta... Sinceramente, não penso muito nisso, como te disse, tenho o Dinis e o meu...

- Juliana! - gritou uma voz feminina vinda do corredor. - De quem é aquele carro que está ali fora? Estás com visitas?

A mulher aproximava-se cada vez mais.

- É a minha sogra - disse Juliana, desviando o olhar e baixando a cabeça, envergonhada. Começava a sentir-se tensa, muito tensa.

- Ex-sogra - corrigiu ele mais uma vez, erguendo o rosto dela com o dedo indicador direito, esboçando um sorriso de empatia.

A mulher de idade apresentou-se com um fato em tweed, em tons rosa, e o cabelo grisalho bem arranjado. Tinha um aspecto austero e impaciente.

- A tua companhia é um homem? O que é que fazes com um homem na casa do meu filho?

Juliana levantou-se do sofá.  Tentou recompor-se da visita inesperada daquela mulher odiosa, respirando fundo, e apresentou o Rafael como colega de trabalho, esclarecendo a posição dele na empresa, sabendo de antemão que a sogra dava muita importância à posição profissional, ainda que nada fosse suficiente para os seus parâmetros, tal como sucedeu com o filho.

- Isso não me interessa tão-pouco, porque não me vais dizer que estás numa reunião de trabalho. Não me enganas, sua interesseira, não vou permitir que comeces a meter desconhecidos aqui na mesma casa onde o meu neto vive.

- Desculpe, mas acho que isso não lhe dá o direito de ofender a Juliana - avançou Rafael, que entretanto se colocou ao lado dela.

- Não o vou desculpar, até porque nem sequer lhe dei autorização para me dirigir a palavra - respondeu, com azedume.

- Esta mulher é doida! - exclamou rapidamente, virando-se para Juliana.

Finalmente, Juliana conseguiu reagir àquela troca de palavras e pediu que ele a acompanhasse até à porta.

- Já me esquecia que afinal havia um terceiro motivo - comentou ironicamente, mais para si própria. - Rafael, não tens que assistir a este drama todo que a minha sogra faz questão de fazer. Peço-te que vás embora agora.

- Sim, tens razão. Não vale a pena perder a calma por causa desta senhora. Se precisares de alguma coisa, não hesites em me ligar, está bem?

Ele passou a mão pelo rosto dela, deslumbrado com a sua fragilidade. Costumava mostrar-se tão forte, decidida e independente...

Ela afastou-se, incomodada pelo acto carinhoso e bondoso dele.

- Se te perderes ao sair daqui, telefona-me, mas acho que não vai ser necessário se seguires as minhas instruções. Agora vai- te embora.

Entrou em casa e fechou a porta atrás de si. Moveu por várias vezes os ombros no sentido vertical, para tentar diminuir a tensão, mas só havia uma solução: respirar fundo e enfrentar o monstro que tinha na sala, com a mesma tenacidade com que enfrentava os colegas de trabalho e a vida.

 

Fim do primeiro capítulo



DESAFIO

Coloquei-vos há tempos o desafio de darem um TÍTULO à nova história que se irá desenvolver nos próximos meses aqui. Ainda não vos dei muita informação, a não ser que as personagens se chamam Rafael e Juliana e que trabalham na mesma empresa. Conforme vou publicando os posts, certamente irão perceber que há muitos segredos para serem revelados...
Além do título, também espero que deixem nos comentários o vosso feedback.
Obrigado
A Gerência

A licença do blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.


Rubricas:

Além de uma nova história a decorrer no blog, acompanhem também a nova rubrica do blog 'PERDIDOS E ACHADOS DA VIDA', pequenos textos que incidem sobre... Leiam e descubram...

Pesquisa
 
Contacto
Mail:
contosepontos@sapo.pt
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
16

18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


No baú...
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Citação do dia


Comentários recentes
Olá obrigada por me adiconares. Gostei mto de ler ...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Novo...
Obrigado pelos elogios.Volta sempre!Quanto ao próx...
Há uns tempos que aqui não vinha . . . nem aqui ne...
Muito bonitas as tuas palavras...também sou uma ra...
Posts mais comentados
3 comentários
2 comentários
2 comentários
Eu escrevo para a...

Estou no...

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
blogs SAPO